Digite no mínimo 3 caracteres!
Polícia

PM salva bebê de 54 dias que estava engasgado em Xaxim

Conforme a PM, o acionamento aconteceu pela mãe da criança, que saiu de casa em direção ao quartel para solicitar ajuda

Por: João Victor Araujo
24/05/2024 14h18 - Atualizado há um mês
PM salva bebê de 54 dias que estava engasgado em Xaxim

Na noite de quinta-feira (23), a Polícia Militar (PM) salvou um bebê de apenas 54 dias, que estava engasgado com leite materno. O caso aconteceu no bairro Guarani, em Xaxim.

✅ CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO NO WHATSAPP

Conforme a PM, o acionamento aconteceu pela mãe da criança, que saiu de casa em direção ao quartel para solicitar ajuda, imaginando que seu bebê já estava perdendo a vida.

O atendimento aconteceu na Rua Coronel Ernesto Bertaso, onde imediatamente os militares posicionaram a criança e realizaram a manobra de Heimlich, obtendo sucesso em desobstruir as vias aéreas da criança, que voltou a respirar.

Após o atendimento inicial, a mãe e a criança foram conduzidas até o Hospital Frei Bruno para o atendimento médico.

Quer mandar uma sugestão de pauta para a equipe de jornalismo do Canal Ideal? Descreva tudo e mande suas fotos e vídeos pelo WhatsApp, clicando AQUI.
 

Veja também

Colisão entre automóvel e motocicleta resulta na morte de condutor da moto, no Oeste

O condutor da motocicleta não foi identificado no local

Produtos eletrônicos ilegais, avaliados em R$60 mil, são apreendidos pela polícia

A apreensão aconteceu em Galvão, Oeste Catarinense, e reuniu forças de segurança

Adolescente que tinha mandado de prisão em aberto é detido tentando aplicar golpe na Caixa Econômica Federal, em Xanxerê

O adolescente apresentou documentos falsos e se alterou com a chegada dos policiais

Este site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência com nossos conteúdos e anúncios. Ao navegar pelo site, você autoriza o Canal Ideal a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de privacidade.